Cuidados com Filhotes

Cuidados com o meu primeiro Pet:

Parabéns! Você vai ter o prazer de conviver com um novo amigo, mas é importante lembrar-se que isso exigirá muita paciência e dedicação. Seu filhote necessita de cuidados e  ensinamentos especiais principalmente nos primeiros meses.

Os primeiros dias requerem paciência e consistência para obter sucesso nos ensinamentos. Sempre exercite seu filhote e dê a ele oportunidade de fazer “xixi e cocô” imediatamente após acordar, após se alimentar e brincar. Dessa forma, se você elogiar seu filhote toda vez que ele fizer no local certo e repreendê-lo  quando você surpreendê-lo fazendo no local errado, você estará condicionando o animal. Dessa forma ele irá aprender gradualmente a maneira certa de agir e isso poderá durar alguns meses.

Durante a noite mantenha-o em local aquecido e protegido, de preferência no local onde ele irá dormir definitivamente.

Uma  dieta adequada é essencial para que seu filhote tenha uma boa saúde e desenvolvimento. Todo filhote deve ser alimentado com uma dieta formulada especificamente para filhotes, com altos níveis de proteína, energia e vitaminas necessárias para um crescimento adequado, podendo haver uma variação quanto à raça.(grandes ou pequenas).

A necessidade de energia e nutrientes é em torno de duas vezes maior que a requerido por cão adulto, desde o desmame (três a quatro semanas de idade) até atingir o tamanho adulto (em torno de um ano de idade). A necessidade de energia diminui gradativamente depois disso, até atingir seu peso ideal. É indicado alimentar seu filhote três a quatro vezes ao dia. Em cães muito jovens de raças pequenas pode ser necessário alimentá-los mais frequentemente para evitar crises de hipoglicêmicas.

Ração seca pode ser usada e se necessário, nos primeiros dias, ela pode ser umedecida com água morna para facilitar a mastigação, leia cuidadosamente a orientação do fabricante da embalagem, sobre a quantidade necessária de ração baseada no peso do animal. Uma variação vai ocorrer, dependendo da atividade diária do animal (animal de apartamento, quintal ou casa com crianças e/ ou outros animais). Alimentação em excesso irá levar à obesidade, um problema que irá acompanhar o animal pelo resto de sua vida, além de distúrbios no crescimento ósseo.

Por outro lado se você não alimentá-lo adequadamente, poderá levar ao crescimento inadequado, alterações na pelagem e problemas ósseos. A melhor maneira de dizer se o seu filhote está comendo a quantidade adequada é pela observação. Não acostume seu filhote com comida humana ou “restos da mesa”. Isto é desnecessário e prejudicial, podendo alterar o balanceamento ideal da ração não atendendo suas necessidades específicas e causar deficiências nutricionais. Água fresca e limpa deve ser deixada à vontade.

Obs.: Caso necessário, a troca de ração deve ser feita de forma gradual, misturando as duas rações (a antiga e a nova), até passar completamente para a nova num período de quatro a seis dias.

Todo filhote deve ser vacinado contra algumas doenças infecciosas, algumas comuns e outras potencialmente fatais. A vacinação normalmente inicia-se na sexta ou oitava semana de vida, devendo receber reforços a cada 30 dias até completar a 16ª semana de vida e então, a partir daí, uma vez por ano. A vacina anti-rábica deve ser feita a partir do quarto mês e depois também anualmente. Os cães também estão sujeitos a muitos parasitas internos e externos, que podem ser controlados com medicação adequada. Os parasitas externos mais comuns são as pulgas e carrapatos. São facilmente controlados com banhos, sprays, solução tópica de colocar na nuca, comprimidos, coleiras entre outros.

Os parasitas internos (intestinais) podem causar perda de peso, diarreia, vômito e baixo crescimento, o seu veterinário pode detectar esses vermes no exame de fezes e tratá-lo adequadamente.

A prevenção para o “verme do coração” (dirofilária) também deve ser feita mensalmente.

Lembre-se que a pessoa mais indicada para orientar a respeito de cuidados, manejo, alimentação, vacinas e doenças será sempre o Médico Veterinário.

Traga seu Pet para a Prime Pet Center; ele será tratado com todo carinho.

Deixe uma resposta